Conjugação do verbo Trair - As crónicas do Nené


Conjugação do verbo Trair
O verbo trair conjuga-se de forma diferente, dependendo do sujeito ser ele ou ela. Os homens não costumam conjugar este verbo com nenhum destes sujeitos. Quando é ele quem trai, se se considerar traição: “caiu numa tentação”, “ foi uma coisa sem importância” …. Ela traiu ou trai é difícil pronunciar, mesmo quando o lesado seja uma personagem qualquer de um filme qualquer. Nunca há e nem deve haver uma justificação para ela trair, inclusive, elas mesmas estão sempre a afirmar isso.
Já elas não têm tantas dificuldades em conjugar este verbo. Se o sujeito for aquela, a tal de quem nunca gostou, é bem feito. Quando o sujeito é a 1ª pessoa do singular (eu), já se torna mais difícil conjugar, mas, normalmente, lidam bem com “os momentos de fraqueza” deles, das amigas, dos vizinhos, das irmãs…
Parece que, no que respeita a traição, dava jeito, se não fosse tão antiquado ou por causa das modernices como direitos e liberdades, que ainda fosse permitido as “queimadas”, as enforcas e os apedrejamentos nas praças públicas.

Ass. Nené
Share on Google Plus

About Delson Martins

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

1 comentários:

  1. Keli é kusé?!? Quem ki screbi es textu staba dodu?! "no que respeita a traição, dava jeito, se não fosse tão antiquado ou por causa das modernices como direitos e liberdades, que ainda fosse permitido as “queimadas”, as enforcas e os apedrejamentos nas praças públicas." ...abo é um fundamentalista islâmico?! Nazista?!?

    ResponderEliminar

Os comentários são bem-vindos e importantes.

Esteja a vontade para comentar este artigo mas sem insultar quem quer que seja, pois este não será aprovado.