Silvano Spencer em Entrevista


Silvano Spencer, musico Maense da localidade do Barreiro, residente na Holanda é o nosso primeiro convidado no espaço Kombersa di Djarmai. Mentor do Projeto Djarmai Star fala-nos de como surgiu o projeto e dos planos para o Futuro.


Silvano, Como foi a tua entrada no mundo da música e o teu início de carreira?

Tudo começou quando fui estudar na cidade da Praia e o meu primo (Eli di Rama) ensinou-me algumas notas de guitarra, 3 meses depois já conseguia tocar razoavelmente, aprendi muito com o meu amigo Dany di Dulcina. Estive de férias no maio e vi que muitos jovens estavam a tocar e ganhei assim mais motivação para continuar a tocar. 
Pouco tempo depois emigrei para a Holanda e apaixonei-me pelo Teclado, comecei a tocar sozinho em casa ate conseguir fazer alguma coisa.
Um dia fui a casa do meu tio Luís António que estava a fazer arranjos no computador e aquilo não me saiu da cabeça. Tempos depois criei o meu próprio estúdio e desde ai tenho vindo a levar esse Projeto adiante com muito orgulho e fazendo uma coisa de que gosto em parceria com o meu Irmão.

O que o levou a criar esse Projeto Djarmai Star?

O projeto já o tinha em mente desde de 2008, quando fui a cabo verde e vi que a nossa ilha estava cheio de talentos escondidos, o mundo tinha que conhecer o potencial desses jovens, com muita pena na altura não pude fazer nada.
Em 2010 apresentei uma proposta a CMM no intuito de em conjunto fazermos um projeto onde íamos gravar os jovens talento da nossa ilha, no entanto nunca cheguei a ter a resposta. Como já tinha o plano de gravar o meu CD em 2010 peguei no dinheiro que era para a realização do meu CD e investi no projeto Djarmai Star e posso dizer que estou muito orgulhoso disso, ate porque o Djarmai Star também era um sonho meu de ver os músicos Maenses reconhecidos e com mais notoriedade a nível nacional e internacional…

Tiveste algum apoio financeira por parte de alguma entidade da ilha do Maio ou nem por isso?

Não tive nenhum apoio financeiro na realização desse Projeto mas não me sinto desanimado pois realizei um sonho e acredito que também realizei o sonho de outros artistas e isso compensa.
Confesso que foi uma carga grande e uma responsabilidade financeira enorme mas graças a Deus hoje o Djarmai Star é uma realidade.

Como foi o recrutamento dos jovens talentos?
O recrutamento era para ser mais abrangente mas tem sempre aquele encrave que é de conhece-los e também de eles terem conhecimento do projeto, daí convidei os que conhecia. No próximo Volume vamos contar com mais artistas maense e espero que com mais apoio e colaborações e acredito que o projeto será mais abrangente.

Se não houver apoio o projecto terá um Volume II?

Consegui tornar essa primeira edição uma realidade e vou partir sempre desse princípio, se consegui esse sem apoio é porque com a ajuda de Deus vou conseguir o próximo.

Como é trabalhar a Musica Cabo Verdiana fora de Cabo verde?

É difícil, mas passo as minhas férias em cabo verde sempre que posso e sigo as músicas de cabo verde e isso encurta a distância.

O projecto vai ser inscrito no CVMA 2013?

Neste momento estamos a trabalhar nos Videoclipes e não sei se estaremos inscritos na CVMA 2013, se tudo correr dentro da normalidade pretendemos apresentar um Videoclip.


Quando estará no mercado o Djarmai Star II?

Em princípio no próximo Verão.

Quando é que os Maienses e o mundo poderão contar com o Projecto CD/DVD com o grupo “Os Tavares”?

Esse é um projecto ambicioso e que vai ter o seu custo e vai demorar seu tempo, mas prometo que não vai demorar ate porque esse grupo merece ser conhecido, não só por ser maense mas por terem muita qualidade.



Qual é a mensagem que deixas para as entidades cabo-verdianas e as Maenses em particular no que diz respeito ao apoio à cultura e à juventude?

Menos crítica e mais apoio, a nossa ilha tem potencial e precisa que lhe seja dada a oportunidade de mostrar a capacidade dos nossos artistas não só no ramo da música como também na pintura, escultura e outras áreas.

Uma mensagem para os jovens talentos que querem participar no próximo Djarmai Star.

A todos os jovens que perseguem o sonho no mundo da música o primeiro é nunca desistir do sonho, e para os que querem participar no Djarmai Star II que não hesitem em contar-nos pois o nosso objetivo é divulgar a nossa música.

Sedução - Silvano Spencer



Djarmai Star
Share on Google Plus

About Ponta Kurral

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Enviar um comentário

Os comentários são bem-vindos e importantes.

Esteja a vontade para comentar este artigo mas sem insultar quem quer que seja, pois este não será aprovado.