Câmara Municipal do Maio vai diminuir subsídio ao Serviço Autónomo de Água e Saneamento.


A autarquia do Maio vai diminuir o subsídio de 32 mil contos que é atribuído ao Serviço Autónomo de Água e Saneamento (SAAS) no próximo ano, porque, segundo explicou o autarca Manuel Ribeiro, pretendem que este Serviço tenha as suas próprias receitas, de modo a criar a sua própria sustentabilidade no futuro.

O presidente da Câmara Municipal do Maio adiantou ainda que já enviaram uma solicitação à Direcção-Geral de Energia com vista a adquirirem combustível a um preço mais acessível.

“Ainda não temos uma resposta, mas estamos convicto de que nos próximos dias vamos ter uma resposta favorável das duas instituições no que tange à atualização da tarifa de água, bem como do preço de combustível”, frisou.

Os técnicos da Agência de Regulação Económica (ARE) analisam juntamente com a Câmara municipal do Maio os estudos técnicos e financeiros sobre a tarifa de água que se vem praticando na ilha, acrescentou o edil Manuel Ribeiro.

“É bom dizer que só o Serviço Autónomo de Água e Saneamento (SAAS) e a Câmara municipal não conseguem cobrir todo o défice tarifário. A Câmara Municipal já recebeu uma equipa da Agência da Regulação de Económica (ARE) para analisarmos todos os estudos técnicos e financeiras relativamente as tarifas que se vem praticando”, disse.
Share on Google Plus

About Ponta Kurral

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Enviar um comentário

Os comentários são bem-vindos e importantes.

Esteja a vontade para comentar este artigo mas sem insultar quem quer que seja, pois este não será aprovado.